10 RAZÕES PORQUE VOCÊ NÃO ESTÁ PERDENDO PESO

Está em uma dieta que parece não dar resultados? Os ponteiros da balança parecem nunca saírem do lugar? Atualmente existem inúmeras formas e fórmulas para se queimar gorduras, reduzir as medidas, perder a barriga, enfim, você já conhece as chamadas. Porém, existem pequenos costumes e bons hábitos que podem fazer uma grande diferença na hora de buscar seus objetivos. Vamos ver alguns?

1 – Você não está comendo o suficiente
Pular refeições, comer menos, passar fome. Parece inevitável ter de passar por algumas dessas situações enquanto você está perdendo peso, certo? Errado! Deixar de comer pode causar um efeito contrário no seu organismo. O nosso corpo tende a “segurar” toda caloria ingerida para se defender contra períodos de fome e privação de comida, ou seja, se você para de comer e fornecer nutrientes a ele, como prevenção o seu organismo começará a criar um estoque de energia diante da possibilidade de ficar um grande tempo sem receber nutrientes novamente. Sim, até as pessoas que comem pouco podem ter barriga, pois na realidade elas não comem pouco, mas passam um grande período ou intervalo sem comer. É claro que ficar muito tempo sem comer emagrece, mas é aquela perda de peso prejudicial, onde o corpo sente falta de nutrientes e buscará a energia para se sustentar nos músculos, fazendo com que você emagreça, mas ao mesmo tempo perca massa magra e prejudique a sua vitalidade, imunidade e saúde.
2 – Alimentos dietéticos
Tome cuidado com alimentos dietéticos que passam uma falsa impressão de que você estará fazendo um bem para a sua saúde. É verdade que muitos deles possuem menos açúcar em sua composição, mas em compensação podem conter muito sódio, e com certeza apresentar um déficit de nutrientes necessários em qualquer dieta para emagrecer. Prefira sempre os alimentos integrais e naturais aos congelados e industrializados.
3 – Você não está dormindo o suficiente
Homem musculoso no sono anabólico
Diversos estudos indicam que as pessoas que dormem 5 horas ou menos por dia, tendem a ganhar mais peso do que as que descansam por 7 horas ou mais. Por quê? A falta de sono faz com que o corpo libere cortisol, um hormônio relacionado ao estresse e que pode ocasionar o aumento da fome e a diminuição do metabolismo. Quanto mais lento seu metabolismo, mais devagar seu organismo realizará a queima de calorias.
4 – Você está ganhando músculos
Calma! Isso não é uma coisa negativa, muito pelo contrário! Músculos pesam mais que gordura, então é possível que você veja alguns números da balança subirem no seu processo de emagrecimento. Você vai perceber que enquanto isso acontece, o seu corpo é remodelado, mesmo que os números acusem o contrário, você terá um visual bem mais em forma, já que os músculos deixam as medidas proporcionais e nos lugares certos! A prática de musculação é altamente recomendável junto ao exercício aeróbico.
5 – Você está “tomando” suas refeições
Imagem de um shake de batata-doce
Nosso corpo demora mais para calcular as calorias que consumimos através de líquidos, portanto, se você toma refrigerante ou até mesmo sucos e vitaminas, a saciedade não é satisfeita, fazendo com que você continue com fome e isso o leve a petiscos e beliscadas fora de hora.
6 – Você não está contando os adicionais
Se você está tomando um cuidado de contar as calorias que consome, fique atento àquelas que podem passar batidas, como molhos, temperos, o açúcar do café, o chantilly… Lembre-se que os detalhes fazem a diferença, e neste caso não é diferente. Não se esqueça de calcular também o que você adiciona aos seus lanches e refeições.
7 – Sua rotina de exercícios é sempre a mesma
Enquanto o seu treino pode ter sido extremamente eficiente no início, com o passar do tempo você pode atingir uma estagnação, ou seja, não sentir mais o progresso dos exercícios. Isso acontece porque o seu corpo também se acostuma com a rotina e os estímulos fornecidos a ele. O segredo é a variação. Se você está acostumado a correr em uma velocidade constante, tente aumentar o ritmo. Acrescentar treinos de tiros e intervalados também é uma boa opção para sair do plateau. Em suas séries de musculação você pode adicionar um pouco mais de peso ou simplesmente diversificar alguns exercícios. Mantenha sempre o seu corpo em dúvida sobre quais estímulos irá receber.
8 – Acalme-se mais
Homem musculoso
A tranquilidade também pode ser um fator importante em uma dieta para perda de peso. Assim como a deficiência de sono, o estresse também libera cortisol. Junte isso com o aumento da compulsão por comida também relacionada ao estresse e você entenderá por que atitudes e pensamentos positivos andam juntos na busca pelo emagrecimento.
9 – Condições especiais
Algumas condições especiais de saúde podem prejudicar a perda de peso, como a diabetes e o hipotireoidismo. Se você estiver em uma rotina de exercícios, seguindo uma dieta específica, com o sono regularizado e mesmo assim não estiver vendo resultados, uma visita ao médico endocrinologista é aconselhada para se ter certeza de que nenhuma condição especial esteja impedindo o seu progresso.
10 – Você está em um peso saudável
Finalmente, você pode já estar em um peso saudável para a sua estatura e tipo físico, independentemente de como você gostaria de se ver no espelho, seja mais magro ou mais forte, por exemplo. Portanto, você pode chegar a um ponto onde não conseguirá mais perder peso ou alterar a sua forma física de forma saudável, pois atingiu um ponto de estabilidade. Lembre-se que uma boa dieta e a prática de exercícios servem principalmente para se conquistar uma boa saúde e mantê-la!
Gostou do Post ? Ele lhe foi útil ? Deixe seu comentário, sugestão ou crítica, compartilhe com os amigos. Um grande abraço e até o próximo.

agmjunior

Adicione aqui suas Informações biográficas

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *