5 Dicas para Melhorar o Treino de Peitoral

Às vezes a gente treina, treina, treina e não tem o resultado que gostaria. Isso costuma acontecer muito com o treino de peitoral. Mas a boa notícia é que pequenas mudanças nos exercícios podem ajudar muito.

Em geral, as pessoas costumam treinar peitoral apenas uma vez na semana e isso pode não ser suficiente. Assim, a primeira coisa que você pode fazer é começar a treinar essa musculatura duas vezes na semana. Mais estímulos podem garantir mais resultados.

Veja o que você mais você pode fazer para acabar com os problemas mais comuns no treino de peitoral:

  • Na hora de fazer o supino, retraia as escápulas. Ao retrair você diminui o trabalho dos deltoides anteriores e emprega mais o peitoral.

  • Comece seu treino fazendo o supino inclinado em vez do reto, os dois são muito efetivos, mas se o supino inclinado é executado em primeiro poderá gerar estímulos diferentes.

    Exemplo de nível fraco de força no supino reto – Kai Greene no início da fase excêntrica

  • Varie entre supino com barra e halteres. É interessante fazer um treino usando supino com barra e outro com halteres. Se não treina duas vezes na semana o peitoral, a dica é fazer supino reto com barra e supino inclinado com halteres.

    O mestre Arnold treinando o peitoral

  • Faça a pegada certa no supino. Uma pegada muito aberta pode trazer mais malefícios, ela pode não recrutar mais o peitoral e ainda impõe estresse desnecessário nas articulações dos ombros.

    Homem executando o supino reto

  • Se preocupe com o peitoral como um todo, não adianta se importar apenas com uma porção específica do peitoral se o grupo muscular como um todo ainda é pequeno. Muitas vezes é necessário focar em ter um peitoral maior e esquecer o resto.

Para encerrar, vale sempre lembrar que execução é a palavra chave para qualquer treino eficiente. É comum se deixar levar pela quantidade de carga e repetições e não focar tanto no movimento. E isso é um erro que pode atrapalhar muito.

Fique atento à sua pegada, à respiração, às contrações que você precisa fazer. Executar corretamente é essencial para que você conquiste a musculatura que tanto deseja.

Gostou do Post ? Ele lhe foi útil ? Deixe seu comentário, sugestão ou crítica, compartilhe com os amigos. Um grande abraço e até o próximo.

agmjunior

Adicione aqui suas Informações biográficas

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *