6 erros no treino de pernas

Movimento errado

Fazer o movimento errado na musculação é dos problemas mais preocupantes pelo fato de trazer problemas físicos a curto, médio e longo prazo. No treino de pernas os movimentos mais usuais e que estão incorretos são os seguintes:

  • Agachamento: Inclinar o tronco demasiado para a frente criando demasiada tensão na lombar. O recomendado é imaginar uma linha da barra ao chão e manter essa linha vertical durante todo o agachamento.

  • Agachamento: Agachamento completo para pessoas com pouca flexibilidade pode trazer inflamações no nervo ciático. O recomendado será agachar a 90 graus.

  • Agachamento: Agachar muito rápido pode trazer complicações nos joelhos como rutura de ligamentos, desgaste dos meniscos e da cartilagem do osso. Este exercício deve ser executado com força de explosão, descendo devagar e subindo rápido, desta forma prepara os músculos, tendões e ligamentos para o movimento de explosão e evita lesões.

  • Leg Press: Bater com os joelhos no peito. A partir do momento que o glúteo superior descola do banco, é sinal que passou o limite. Isto cria tensão no disco intervertebral das vertebras lombares.

  • Qualquer exercício: Desalinhar a direção dos pés em relação a dos joelhos. Ao colocar os pés apontando para fora e os joelhos para dentro ou vice-versa cria tensão extrema na articulação do joelho. Os joelhos têm sempre de seguir o posicionamento dos pés, se os pés estão para fora, automaticamente os joelhos irão afastar-se um do outro ou vice-versa.

Gráfico com a posição ciorreta do agachamento

Não chegar à falha

Se o objetivo é hipertrofia, um dos requisitos é chegar a falha, mas muitos praticantes não o fazem porque dói. O ácido lático em condições de exercício extremo é liberado, consequência da produção de energia anaeróbia, o que faz criar aquela sensação de dor. Outro dos motivos são as dores nos dias seguintes, que ao contrário do que muitos pensam, não são criadas pelo lactato, mas sim pelos danos causados nas células musculares durante o exercício que por sua vez criam inflamações e inchaços.

                Como minimizar a situação?

Beber muita água durante o treino reduzirá os efeitos do lactato.

Inspirar e expirar apropriadamente durante o exercício reduz a produção de lactato.

Colocar gelo após o treino e no dia seguinte minimiza a inflamação e o inchaço

Movimentos incompletos

Esta situação pode ocorrer por 3 razões, falta de conhecimento (aceitável), desgaste físico (aquela ultima repetição que fica a meio, aceitável), EGOOO (estupidez desnecessária).

Para haver eficácia no recrutamento muscular é necessário contrair o músculo, de maneira a recrutar o maior número de fibras musculares, tornando o movimento mais eficiente. Se o exercício for feito apenas até metade do caminho ou ate menos, é certo que serão recrutadas algumas fibras musculares, caso contrário não haveria movimento. No entanto, além de estar executando mal o exercício, pode trazer complicações para a sua saúde.

Não treinar perna

Pouco há a dizer sobre este fato. Não faz sentido. Além de ficar esteticamente feio, é contra producente, ou seja, em várias atividades que são feitas diariamente, como por exemplo transportar os sacos das compras, transportar a cadeira do bebé ou fazer uma mudança, o fator perna contribui muito, isto porque o individuo pode ser extremamente forte do tronco para cima, mas se não tiver pernas, pouco será o peso que conseguirá carregar.

Homem musculoso com as pernas finas

Não treinar a perna toda

A perna é enorme, tem imensos músculos e muitas pessoas ficam pelos exercícios de máquina como por exemplo “leg extension” e “leg curl”, o que é negativo caso apenas faça exercícios similares. Isto porque por norma os exercícios de máquina são mais direcionados para um grupo particular de músculos e o importante é estimular os músculos todos, portanto dar prioridade a exercícios livres como agachamento é uma vantagem.

Treinar perna dia sim, dia não (mulheres principalmente)

O fato de treinar a perna todos os dias não fará com que ela fique com as formas que pretende mais rápido, até pelo contrário. Qualquer músculo precisa de descanso, principalmente o das pernas, porque todos os dias é sobrecarregado com o peso do tronco, cabeça e membros superiores. Assim sendo o aconselhável será treinar nem mais nem menos do que com dois dias de descanso, para que as fibras musculares possam se recuperar do desgaste do treino anterior.

Gostou do Post ? Ele lhe foi útil ? Deixe seu comentário, sugestão ou crítica, compartilhe com os amigos. Um grande abraço e até o próximo.

agmjunior

Adicione aqui suas Informações biográficas

Você pode gostar...

3 Resultados

  1. Luzia Caetano Soares disse:

    quero saber como aumentar pernas e bumbum em30 dias se e possivel

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *