7 alimentos anabolizantes naturais

Neste artigo, vamos apresentar a vocês 7 alimentos que são anabolizantes naturais, alternativos aos esteroides, que seu corpo pode usar para crescer, ficar mais forte e melhor, fazendo você alcançar mais rapidamente os seus objetivos.

  1. ESPINAFRE

Este alimento contém muitas substâncias apropriadas a saúde como: fibras, vitaminas A e C, ácido fólico, cálcio e ferro. Mas, o vegetal ainda possui fotoesteróides capazes de acelerar o crescimento muscular. Isto mesmo, após algumas pesquisas com ratos como cobaias, foi observado um ganho de massa muscular deixando-os mais fortes. Porém, para obter este benefício, seria necessário ingerir 1 quilo todo o dia, ou seja, uma quantia muito grande. No entanto, vale a pena consumi-lo em quantidades moderadas para que se possa usufruir das outras propriedades. Assim, coma espinafre e garanta uma boa quantia de ferro e vitaminas para seu organismo.

Imagem de espinafre

2. QUINOA

A Quinoa ou Quinua é uma planta nativa do Peru, Colômbia e Chile, que produz um grão pequeno muito consumido pelas tribos Andinas na Bolívia. No Brasil ela começou a ser conhecida e pesquisada na década de 80 pelo Embrapa.

Um cereal riquíssimo em protéina, que ajuda a ganhar massa muscular para os praticantes de exercícios físicos, é uma fonte de carboidrato de baixo índice glicêmico, então leva mais tempo para ser transformado em açúcar no sangue, evitando o excesso de insulina, rico também em vitaminas e minerais.

Mas o que chama a atenção nesse grão é a combianção de aminoácidos (componentes de proteínas). Cada grão contém 20 aminoácidos diferentes, dois desses que é exclusividade de alimentos de origem animal, por isso é tão importante na formação da musculatura e aceleração do metabolismo, ajudando então a queima de gorduras.

A QUINUA possui 23% de proteína de alto valor biológico, 20% de gordura e o restante de carboidratos, vitamina B1, B2, B3, B6, C e E, minerais como: Ferro, Cálcio e Fósforo. Tem qualidade nutricional melhor que qualquer outro grão. Dentre os aminoácidos, ele também possui a lisina, que é responsável para ajudar a fortalecer a imunidade e melhorar a memória. Apesar desse alto índice de proteína, o grão não possui o glúten, proteína encontrada no trigo, o que impede muita gente alérgica de consumir pão, macarrão ou biscoito. As fibras controlam o funcionamento do intestino, absorção de glicose e colesterol.

A proteína que este cereal contém, é responsável pela elasticidade das fibras musculares, auxilia a recuperação de células e tecidos lesionados e estimula a produção de enzimas e hormônios.

Hoje podemos encontrar a quinua em grão, flocos, farinha e diversos produtos feito a base desse grão. Um cereal que está tomando conta do mercado de produtos naturais e suplementos.

3. BANANA

A banana só traz benefícios neh. Ela é uma ótima opção pra quem precisa de energia rápida e de carboidrato. Ela possui fibras que ajudam no desenvolvimento muscular. Ela contém em torno de 23 % de carboidrato e é rica em proteínas, sais minerais (potássio, sódio, fósforo e cálcio), vitaminas A, B6,  E  e fibras solúveis (palavras bonitas). O seu valor nutritivo é muito maior do que a maioria das outras frutas do nosso dia a dia.

A banana é uma ótima aliada de quem quer ganhar massa muscular. O carboidrato contido na fruta é uma grande fonte de energia. O potássio auxilia na contração muscular. Durante os exercícios o corpo tem perdas de sódio, cloreto e potássio através da transpiração. A carência de potássio pode provocar o surgimento de câimbras. Aí entra a banana pra repor tudo isso!

Eu acredito que o ideal é comer uma ou duas bananas por dia, antes ou depois do treino. Alguns nutricionistas recomendam o consumo de duas bananas, uma pré-treino e outra pós-treino. Ah, uma boa combinação, que eu adoro, é bater a banana com Whey Protein – Chocolate e Dextrose no liquidificador. Muita gente acrescenta também granola pra dar um sabor a mais.

Foto de bananas

4. AVEIA SELVAGEM

A aveia selvagem é rica em esteroides como saponinas e que são conhecidas por aumentarem a testosterona. Como antes: se você lavar sua aveia ou tentar consumi-la em cereais processados ou algo assim, as saponinas não estão mais ali, então foque em aveia selvagem orgânica.

Também há esse melhorador de testosterona chamado “Avena Sativa”, que é um extrato derivado da aveia e foi provado que ela aumenta seus níveis de testosterona, principalmente devido ao grande conteúdo de saponinas.

5. FAVA

Também são chamados de grãos de Lecter, um dos pratos favoritos de Hannibal Lecter, são ricos em L-dopa. Esta substância estimula a produção do hormônio de crescimento na glândula pituitária. A razão da fava aumentar esses dois hormônios anabólicos está na grande quantidade de levodopa, um esteroide natural e um precursor da dopamina e hormônio de crescimento.

6. OVOS

Toda pessoa que pretende criar massa muscular de forma acelerada, não pode esquecer de inserir o ovo em sua dieta. Sem ovo, você provavelmente vai crescer com menos velocidade do que deveria. Apesar da carne ser mais eficiente na formação dos músculos, o ovo possui mais proteínas e tem uma grande vantagem: possui vitamina B12. A vitamina B12 é super importante justamente pelo fato de ajudar na contração dos músculos e na diminuição dos níveis de gordura no corpo. É basicamente dois em um. Comer ovo depois do treino ajuda a recompor as energias.

Imagem de ovos

7. AIPO

O aipo estimula seus testículos a produzirem mais testosterona e é também é conhecido por ser rico em dois esteroides naturais chamados androsterona e androstenol. O hormônio trabalha na elevação de massa magra, no aumento de força e na hipertrofia (crescimento) muscular. Uma pesquisa realizada com ratinhos e divulgada na publicação Food and Function (Alimento e Função) no ano de 2011 indicou que a quantidade de vitamina K ingerida pode influenciar a produção de testosterona. Como o aipo é uma boa fonte de vitamina K, a associação feita foi que incluir o alimento com frequência na dieta pode contribuir com o aumento da produção de testosterona por parte do organismo.

Gostou do Post ? Ele lhe foi útil ? Deixe seu comentário, sugestão ou crítica, compartilhe com os amiogos. Um grande abraço e até o próximo.

 

agmjunior

Adicione aqui suas Informações biográficas

Você pode gostar...

6 Resultados

  1. Helder disse:

    Gostei bastante da matéria, mas faltou uma sugestão de uso. Gosto dessa page.

  2. Renato disse:

    Muito interessante está reportagem. Vou tentar encontrar nos mercados.

  3. Claudio disse:

    Muito bom saber destas informações…

  4. Manoel disse:

    Quando falou sobre saponinas, me lembrei do inhame…
    Seriam as mesmas saponinas, precursoras de testosterona?

    Obrigado, matéria top

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *