A importância do repouso na recuperação muscular

Treinar, treinar e treinar… entre a vontade de conseguir melhorar cada vez mais o seu desempenho e conquistar o corpo ideal, muita gente se esquece de que o repouso é necessário e fundamental . Para a manutenção da boa saúde, tanto física quanto mental, o equilíbrio entre o desgaste causado pelos exercícios e a reposição proporcionada pelo repouso são essenciais. Por isso, antes de começar a exagerar nos treinos, lembre-se de que o seu corpo também precisa descansar. A chave é não se sentir culpado por isso, até atletas profissionais desfrutam desse período e usam este componente a seu favor.

Além disso, em alguns tipos de atividade, como a musculação, os ganhos reais acontecem durante o período de descanso, isso mesmo, o crescimento muscular se dá durante o período em que você está descansando, ou seja, o repouso adequado conciliado com uma boa série de treinamentos e uma alimentação rica em proteínas irá maximizar os seus esforços fazendo com que os resultados sejam excelentes. Já para aqueles que gostam de correr, e que também adoram abusar nos treinos, o risco da sobrecarga proveniente desses treinos excessivos pode fazer com que o seu desempenho caia e não consiga manter-se gradual e constante ao longo do tempo. Vale ressaltar ainda, que para a restauração total dos níveis energéticos pelo organismo, são necessárias pelo menos 20 horas de intervalo entre um treino e outro (atletas de alto nível podem ter esse tempo diminuído, mas lembre-se que são atletas de alto nível).

Homem fazendo rosca direta

Obviamente, os treinos em excesso agravam (e muito) os riscos de alguma lesão surgir, obrigando você a ficar parado por um longo período de tempo. É importante ressaltar que, respeitar o período de tratamento de cada lesão também é muito importante para evitar reincidências e não tornar o problema crônico (existe aqui no blog um post sobre lesões musculares). Tenha em mente que muitas vezes é preciso ter paciência para prevenir um mal maior.  Em todos os casos, uma alimentação adequada, que melhore o bem estar e a disposição, além de 8h de sono diários podem acelerar a recuperação do organismo, repondo a energia de forma mais efetiva. Logo após o treino, entre 30 minutos e 1 hora, o seu corpo começa a se preparar para restabelecer a energia gasta durante o seu treinamento e, é ai que seus músculos estão mais receptivos à absorção dos nutrientes, portanto, para melhorar os seus resultados, coma carboidratos logo após seu treino.

Mas ai fazemos a seguinte pergunta, quanto tempo de repouso é o suficiente ? Essa realmente é uma pergunta muito difícil de responder, por exemplo, para os praticantes de musculação, muitos afirmam que seja de 48h a 72h. No entanto, esse tempo é o suficiente apenas para a reposição dos níveis de glicogênio (principal reserva energética nas células animais) pelo corpo, mas isso não significa que o músculo treinado esteja totalmente recuperado para uma nova série intensa de exercícios. Posso ilustrar da seguinte maneira: digamos que um terremoto de grande intensidade atinja uma cidade, ela ficará em ruínas certo ? e que durante o trabalho de reconstrução outro terremoto com a mesma intensidade atinja novamente a mesma cidade, a destruição irá aumentar e muito, assim também acontece com o nosso músculo quando treinamos. Durante um treino intenso, nosso músculo sofre micro-lesões, que são recuperadas com alimentação e descanso, então, já pensou se durante a recuperação muscular você executar outro treino muito intenso, seu corpo não vai ter se recuperado totalmente do primeiro treino, fazendo com que seus resultados não sejam os melhores, por isso, a importância do repouso depois do treino. Já li artigos com descanso que vão de 4 a 7 dias ´para cada grupo muscular.

Homem dormindo

A falta de um descanso adequado e de uma boa alimentação, aliada a uma carga intensa de exercícios (além do que seu corpo é capaz de recuperar) pode resultar em overtraining, condição esta que impede o crescimento muscular e pode até acarretar perda muscular. Portanto, é de suma importância você ouvir seu corpo e respeitar as suas individualidades, observando seus períodos de sono (muitos chamam de “sono anabólico”) e também o período de descanso de cada grupo muscular entre um treino e outro.

Não abuse e sempre que precisar procure a ajuda de especialistas. Gostou do post ? Ele lhe foi útil ? Deixe seu comentário, sugestão ou crítica, compartilhe com os amigos. Um grande abraço e até o próximo.

agmjunior

Adicione aqui suas Informações biográficas

Você pode gostar...

7 Resultados

  1. well baby disse:

    I think everyone would use a bit more with this information.

  2. Júnior disse:

    Esclarecedor!

  1. 4 de agosto de 2015

    […] isso não existe. Não me canso de falar, seus objetivos serão alcançados com dieta, treino e descanso e não com soluções […]

  2. 4 de agosto de 2015

    […] Durma pelo menos 8 horas por dia. Se puder, fique ainda mais tempo na cama, de 9 a 10 horas. Se tiver condições, tenha ainda um cochilo a tarde, de 30 minutos. […]

  3. 27 de outubro de 2015

    […] tente cansar os músculos e dê o descanso necessário para começar de novo cada conjunto de […]

  4. 28 de Janeiro de 2016

    […] suficiente para estimular o crescimento muscular, mas também deve ter o tempo necessário para a musculatura se recuperar, caso contrário, o processo de crescimento não será concluído. Se, por exemplo, a sua rotina de […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *