Academia que permite malhar pelado chega ao Brasil

Sem roupa colada, sem camiseta regata, sem meias coloridas, sem legging que aperta, imagina malhar completamente livre de roupas, esta é a proposta da Academy Freestyle, que já se instalou em São Paulo. Então, alguém vai encarar ?

Quem gosta de ficar peladão vai poder estender o hábito para mais um lugar: a academia. Isso mesmo, a Academy Freestyle, que propõe a malhação sem roupa, já chegou ao Brasil.

Seguindo uma tendência surgida na França, algumas academias da cidade de São Paulo estão implantando a opção de treinos em que os frequentadores podem se exercitar nus.

A rede de academias Running Wild foi pioneira a oferecer este tipo de benefício, que hoje já é adotado por outras 12 academias na capital paulista.

Na Running Wild, os horários para atletas pelados, ainda alternativos, já estão concorridos e é estudada a ampliação para evitar superlotação.

“Foi o que aconteceu na França no momento da implantação”, diz Marcelo Dragone, personal trainer responsável por trazer o método para a rede. “Algumas pessoas criam coragem e começam a treinar, no início é difícil mas quando a pessoa percebe o resultado do treinamento nu, nada mais importa. Aí é um boca a boca e horário enche rapidamente”.

Homens treinando pelados

Segundo estudo realizado por fisiologistas franceses, o atleta quando se exercita nu, queima 70% mais de calorias e libera mais que o dobro de hormônios relativos ao esporte realizado. Ou seja , 70% mais de definição e 100% mais de crescimento muscular.

“Percebemos que essa relação de queima de calorias e liberação de hormônios é o que faltava para pessoas que treinam vestidos durante anos e não obtem ganhos relativos de massa e definição”, revela o fisiologista Jean Claude Prisse.

O primeiro aluno de Marcelo Dragone no horário nu da academia foi o web designer Adão Cruz. “É incrível!”, comenta Adão. “Durante 2 anos treinando vestido eu nunca obtive os resultados que eu queria. Todos os meus colegas de faculdade puxavam 90 quilos no supino e eu nunca chegava a essa marca.” Treinando nu, Adão chegou aos 100Kg e seu peito se desenvolveu como nunca. “Sempre treinarei nu daqui pra frente. Roupa agora só no vestiário”, se diverte.

Já Claudia Inocêncio Furtado uma de muitas alunas nuas do horário visitado pela reportagem do Diário de Barrelas estava radiante. “Eu me apaixonei por esse método. Tudo que eu mais tinha medo era de tirar a roupa e mostrar minha celulite e flacidez em público”, explica. “Agora, eu tive que tirar a roupa e em 3 meses consegui o resultado que eu não atingi treinando por 3 anos seguidos. A roupa sumiu, a celulite sumiu”, diz com um sorriso no rosto.

O frequentador deve tomar alguns cuidados especiais quanto ao uso do desodorante e ao posicionamento constrangedor nos aparelhos. A hidratação também merece mais atenção e é importante evitar ereções. No restante, é só aproveitar o exercício para se gabar com a anabolizada dos ganhos físicos.

A primeira franquia da rede será instalada em São Paulo. Por enquanto, não há informações sobre a implantação em outras cidades.

A proposta do estabelecimento é que todo mundo faça as atividades físicas sem roupa. Para preservar os usuários, não é permitido fazer fotos e vídeos no ambiente. E você, teria coragem?

Gostou do Post ? Ele lhe foi útil ? Deixe seu comentário, sugestão ou crítica, compartilhe com os amigos. Um grande abraço e até o próximo.

agmjunior

Adicione aqui suas Informações biográficas

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *