Ganhe 4kg em duas semanas

Nossa proposta para que você ganhe 4 kg em duas semanas não é fácil. Então se você não tem força de vontade para sacrifícios de verdade voltados para a musculação com resultados, pode parar de ler aqui mesmo. Mas se está interessado em ganhos de verdade, sem uso de drogas, sem gastar uma fortuna em suplementação, vai gostar da nossa ideia. Algumas sugestões serão bem simples, outras não, mas todas deverão ser seguidas rigorosamente. A razão que essas técnicas funcionam é que simularemos efeitos só conseguidos com esteroides.

Antes de começar esse trabalho, é importantíssimo que haja o tempo necessário para atender os esquemas de treino e dieta. Se estiver fora da cidade, sem tempo, ocupado pelo trabalho ou estudos, enfim, se sua rotina está tumultuada demais, impedindo que se estabeleçam seus horários com tranquilidade, talvez não seja a hora de iniciar esse processo. Espere até que tenha duas semanas em que possa manter os seus horários de treino e de comer sem interferência de outros compromissos.

Homem musculoso com halteres

O que será apresentado aqui tem o objetivo de fazer você crescer em tamanho muscular.

PRIMEIRA SEMANA

Para começar, primeiramente, dê um tempo no seu treinamento. Algo de cinco a sete dias. Com isso, teremos a certeza que toda a musculatura encontra-se recuperada de sua rotina normal de exercícios. Vá se condicionando a voltar aos pesos com fome, com raiva, com agressividade.

Vai chegar a hora de obter resultados, e se for para usar o tempo dentro da academia para conversar, namorar, botar as conversas em dia, pode esquecer. Vá comendo com o máximo de qualidade, nada de frituras, açucares ou fast-food. Crie um pequeno deficit de calorias, nada drástico, apenas com menos calorias do que o normal. Coma carne vermelha pelo menos uma vez por dia.

SEGUNDA SEMANA

1) Aumente a frequência da alimentação

Depois da semana de preparação, agora o importante é comer. Nada é mais anabólico do que comida. O que será feito agora não é o tradicional, “comer de 3 em 3 horas”, mas comer toda hora. O fato em que você estava em um estado de deficit calórico, que levou a perda de glicogênio, e que agora deve ser recuperado.

Como os músculos podem estocar mais açúcar depois da semana de ingestão de menos calorias, há menos chance da conversão de carboidratos em gordura. Isso permite que o excesso de comida seja aproveitado como reserva de energia e crescimento muscular. Se você tem medo de aumentar sua ingestão de calorias, tem muita preocupação com seu percentual de gordura, então pode esquecer tudo isso. De nada adianta prosseguir.

Comida para ganho de massa muscular

2) Consuma mais água

Imagine um galão de pelo menos 5 litros de água, ou melhor, consiga um. Comece a beber ao acordar, e esteja com o galão vazio até o fim do dia. Nós somos constituídos de 70% de água. Pense em nossa musculatura como uma estrutura hidráulica, movida pela  pressão da água. Sem essa ingestão de líquidos o processo anabólico de crescimento fica comprometido.

Não espere até ter sede, beba antes. Ao ter sede, você já está iniciando o processo de desidratação, extremamente negativo aos nossos objetivos, portanto, água para dentro. E se você já é um atleta mais experiente, não se preocupe com a quantidade de sódio, esse mineral só vai ajudar nesse trabalho agora. Claro, você poderá ficar com uma aparência mais inchada, com menos definição, mas isso é o que ocorreria com qualquer trabalho com anabolizantes, e tenha em mente que estamos falando de uma situação passageira, apenas 15 dias. Não é hora de ter preocupação com a qualidade muscular, é hora de crescer.

3) Aumente seu apetite

Um dos conhecidos aspectos do uso de anabolizantes está no aumento do apetite. Quando Larry Scott, o primeiro Mr. Olympia, começou a usar o Dianabol, os ganhos foram estúpidos. O ciclo dele era de apenas dois comprimidos por dia, durante oito semanas, antes dos campeonatos. Você leu certo, é isso mesmo: 2 comprimidos por dia, nada das mega-dosagens defendidas por alguns nos dias de hoje. Larry dizia que com essa quantidade de Dianabol, seu apetite ficava quase que incontrolável, fazendo com que comesse constantemente.

Será que pequenas quantidades de esteróides seriam mais eficientes que as maiores ? Talvez. Mais com toda a certeza o aumento drástico da ingestão de calorias foi o responsável pelas mudanças em seu físico.

Mas como em nosso projeto não usaremos esse tipo de drogas, vamos fazer uma adaptação. Uma substância muito antiga caiu em desuso diante das novas opções de suplementos, no entanto, é mais eficiente e barata. Você pode encontrar com facilidade em lojas de produtos naturais. Trata-se do fígado dessecado em comprimidos. É riquíssimo em vitamina B-12, que tem influência direta no aumento do apetite, além de conter ferro em sua forma animal, ao contrário do sulfato ferroso, que é encontrado em multivitamínicos, que é tóxico se tomado em grandes quantidades. Com isso haverá um aumento do número de glóbulos vermelhos no sangue, semelhante a outro fator causado pelos anabolizantes.

Então, a receita é: 100 gramas de fígado dessecado divididos em 6 vezes por dia, entre as refeições.

Produto fígado dessecado

4) Não execute abdominais

Nada de abdominais durantes os treinos. Eles estressam o sistema nervoso mais do que outros tipos de exercícios em razão da pressão causada no plexo solar, que é considerado o nosso centro nervoso. E mesmo assim, seus abdomens não aparecerão nesse período, então não tem porquê se preocupar com eles.

5) Não execute exercícios aeróbicos

Nada de atividades aeróbicas, nada mesmo, ciclismo, natação, futebol, nada, nem mesmo em dias do descanso do treino com pesos. Toda a energia será canalizada sempre na musculação.

6) Utilize hipercalóricos

Use esses suplementos. No entanto, deverão ser batidos com leite integral, nada de água ou leite desnatado. Além da riqueza em lactoferrina do leite integral, que aumenta o seu sistema imunológico, existe o teor de gordura, e é disso que precisamos agora. Beba um shake entre o almoço e o lanche, e outro após o jantar. Você vai se assustar com a diferença que isso pode fazer na sua dieta.

7) Coma muitos ovos por dia

Ovo é o mais anabólico dos alimentos. para muitos nutricionistas, a albumina (forma de proteína derivada do ovo) ainda é considerada uma das melhores, considerando o custo benefício.

Cozinhe uma dúzia (todos com a gema) e deixe dentro da geladeira. Vá comendo os ovos junto com as refeições. E o colesterol ? Boa pergunta, o colesterol presente nos ovos é diferente dos outros tipos. Eles contêm a quantia apropriada de gordura capaz de estimular o aumento de HDL, o bom colesterol, e não do LDL, o ruim.

Veja, o nosso corpo vai produzir a quantidade que achar necessária de colesterol, ainda que esteja se fazendo uma dieta pobre em gordura. Se o colesterol ingerido exceder as taxas normais do organismo, ai sim haverá o risco de problemas. A ideia é restringir a ingestão de LDL, e aumentar a de HDL, que é a base do crescimento celular, e nisso é que os ovos são uma boa coisa. Antes que algum nutricionista leia isso e tenha um ataque histérico, só para comprovar o que estamos falando, basta observar vegetarianos, ou pessoas em dietas macrobióticas, por exemplo. Eles não ingerem praticamente nada de colesterol, e isso não significa que estejam imunes a problemas, pelo contrário, muito necessitam de remédios para manterem suas taxas sob controle.

Foto de ovos cozidos

8) Valorize e priorize o sono

Durma pelo menos 8 horas por dia. Se puder, fique ainda mais tempo na cama, de 9 a 10 horas. Se tiver condições, tenha ainda um cochilo a tarde, de 30 minutos.

Homem dormindo

9) Ingira mais gorduras

Azeite de oliva nas refeições e castanhas durante o dia todo. Esses alimentos são ricos em gorduras monoinsaturadas, fáceis de comer, e não irão de dar a sensação de estômago cheio, ajudando a elevar o nº de calorias diárias.

10) Treine intensamente

Essa pode ser a mais fácil e simples rotina de treino que você já usou. Mas pode ter certeza que é muito eficiente. Você vai trabalhar os grupos musculares maiores, com os chamados exercícios básicos. Pode ser feita em qualquer academia razoável, sem a necessidade de equipamentos sofisticados. NÃO SUBSTITUA OS EXERCÍCIOS!!!

VAMOS AO TREINO

Dia 1

Mergulho nas paralelas: São 4 séries até a falha. Faça o movimento inteiro até cansar, ao chegar à exaustão, faça apenas o movimento parcial até não aguentar mais. Se você consegue fazer 15 ou mais repetições com facilidade, adicione peso na cintura. Arrume uma corda resistente, amarre na cintura passando a corda pelo buraco no centro de uma anilha, e faça desse jeito. Se na sua academia ainda existir um daqueles cintos com correntes, que permitem esse tipo de exercício, muito melhor. Execute 4 séries até a falha muscular concêntrica.

Homem fazendo paralelas com corrente de sobrepeso

Dia 2

Descanso.

Dia 3

Agachamento: São 4 séries de 20 repetições. Coloque na barra um peso que você consiga fazer no máximo 10 repetições, a partir dai, descanse com a barra no ombro de 4 a 15 segundos, talvez mais, e vá fazendo repetições até alcançar as 20. Descanse o tempo que for necessário e repita mais 3 vezes, totalizando 4 séries.

Dia 4

Descanso.

Dia 5

Tração na Barra Fixa e Levantamento Terra: Na barra fixa, faça o exercício lentamente, até a falha muscular concêntrica. Descanse por 1 minuto, parta então para o terra e execute 3 séries com carga suficiente para 4 repetições cada.

Homem fazendo barra fixa

 

 Dia 6

Descanso.

Dia 7

Descanso.

A IMPORTÂNCIA DO AQUECIMENTO

Antes de cada dia de treino, aqueça o seu corpo utilizando a bicicleta ergométrica por 5 minutos, moderadamente. Lembre-se que a ideia não é queimar gordura, mas apenas aquecer o corpo.

Se todas essas dicas forem seguidas, pode se preparar para conseguir ganhos que você nunca imaginou. Depois de 2 semanas, os resultados já começam a cair, e o excesso calórico já começa a se transformar em gordura. Chega a hora então de voltar ao seu treino convencional.

Gostou do Post ? Ele lhe foi útil ? Deixe seu comentário, sugestão ou crítica, compartilhe com os amigos. Um grande abraço e até o próximo.

agmjunior

Adicione aqui suas Informações biográficas

Você pode gostar...

1 Resultado

  1. 8 de agosto de 2015

    […] alcançar os seus objetivos e não se preocupe se perder os seus gominhos e se achar um pouco gordo, a intenção é justamente essa. Postarei aqui em breve a dieta para se fazer exatamente o […]