O uso “seguro” de anabolizantes no treino de hipertrofia

Quem busca usar anabolizantes têm, em sua maioria, dois objetivos principais: alcançar o corpo perfeito ou conseguir resultados físicos mais expressivos. Cada vez mais cresce o número de atletas que fazem uso de esteroides anabolizantes de forma abusiva.

Um exemplo disso é a Rússia, que teve todos os atletas banidos na modalidade atletismo, graças a um sistema de dopagem dos atletas que era acobertado pelo governo russo e pelo COI (Comitê Olímpico Internacional) do país.

Trazendo um pouco para a nossa realidade, pasmem, existem profissionais da área da saúde que defendem o uso destes medicamentos para fins estéticos e esportivos e vêm com algumas frases do tipo “Não há evidências fortes de que os anabolizantes prejudicam a saúde” ou “Quando há um acompanhamento médico, não há riscos”. São citações totalmente estúpidas – ok, eles têm um argumento e eu mostro a seguir – vinda de pessoas que deveriam zelar pela nossa saúde.

Anabolizantes são seguros

Sobre a frase “não há evidências fortes de que os anabolizantes prejudicam a saúde”

Quadro monstrando os efeitos colaterais dos anabolizantes

Como prometido, o argumento utilizado pelos médicos é sustentado na ausência de estudos controlados envolvendo usuários abusivos de esteroides anabolizantes (ele é considerado o modelo experimental ideal para testar o efeito de qualquer substância ou intervenção sobre qualquer parâmetro da saúde).

Na verdade, existem várias formas de se obter a relação causa (uso de anabolizantes) x efeito (males a saúde) por meio de outros achados científicos que não sejam aqueles estudos controlados. Um exemplo disso é o imenso número de estudos com células e com animais, estes demonstram claramente o efeito tóxico dos esteroides anabolizantes em diversos tecidos do corpo, principalmente o cardíaco, renal, cerebral e hepático.

Evolução

Não só isso há diversos estudos retrospectivos que associam o uso destes medicamentos abusivamente com inúmeros outros problemas de saúde, que vão de perda de libido até morte súbita – os noticiários também estão cheios disso.

Mas por que não existem estudos controlados com usuários dessas substâncias? Eles não trariam a unanimidade no veredicto dos médicos? Não trariam nada, inclusive, seria eticamente inaceitável. Isso porque, quem seria o louco de ser voluntário de um estudo com uso de anabolizantes em um regime crônico, sabendo que ele faz mal?

Dessa forma, argumentar que não existem evidências científicas que apontem os efeitos nocivos dos esteroides anabolizantes é, absolutamente, uma loucura.

“Mas quando há acompanhamento médico, não tem risco…”

Uma denúncia feita em  2013, mostrou que alguns profissionais de saúde estão incentivando o uso de anabolizantes para os clientes. E o chato nessa história, é que os usuários sentem-se amparados, afinal estão sendo “acompanhados por um profissional” durante o seu “ciclo”.

Acreditar que exames laboratoriais de rotina possam “blindar” o individuo contra o aparecimento de câncer, insuficiência renal aguda, insuficiente hepática ou até mesmo morte súbita (tem muito mais nessa lista viu?) é uma ilusão superior a papai noel e coelho da páscoa – me perdoem os crédulos no assunto.

Então, se algum profissional te oferecer esteroides anabolizantes como uma forma rápida para alcançar seus objetivos, fuja e denuncie-o ao conselho médico regional que o mesmo faz parte. Só assim, é possível coibir a ação destes péssimos profissionais que só querem ganhar dinheiro as custas dos iludidos.

Referência

  • O uso indevido de substâncias: esteróides anabolizantes e energéticos. PCP Ribeiro – Adolesc Latinoam, 2001 – profissional.universoef.com.br
  • Distintos enfoques sobre esteroides anabolizantes: riscos à saúde e hipermasculinidade. F Cecchetto, DR Moraes, PS Farias – 2012 – arca.fiocruz.br
  • Avaliação descritiva sobre o uso de esteroides anabolizantes e seu efeito sobre as variáveis bioquímicas e neuroendócrinas em indivíduos que praticam exercício …DP Venancio, ACL Nóbrega, S Tufik… – Revista Brasileira de …, 2010 – repositorio.unifesp.br

Artigo original musculacaoonline.com.br

Gostou do Post ? Ele lhe foi útil ? Deixe seu comentário, sugestão ou crítica, compartilhe com os amigos. Um grande abraço e até o próximo.

agmjunior

Adicione aqui suas Informações biográficas

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *