Potenay: droga, anabolizante ou vitamina?

O Potenay foi criado para uso em animais debilitados, como um composto que faz com que o animal “volte à ativa”. Devido a essa força a mais, começou também ser usado em cavalos de competição. Atualmente, muitos atletas ou entusiastas vêm usando esse composto em diversas áreas esportivas.

Hoje, já sabemos quais substancias causam tal reação. E essa reação está longe de ser devido as doses relativamente baixas de vitaminas do complexo B. O verdadeiro herói (ou vilão), se chama mefentermina, uma anfetamina, altamente estimulante. Essa substância aumenta a sensibilidade dos receptores beta-adrenérgicos, o que causa uma maior resposta e liberação de noradrenalina. Ela também causa vasodilatação, vascularização, oxigenação sanguínea. É um “pré-treino” completo. Porém, como veremos a frente, tem muitos malefícios.

Sabe-se que, durante a segunda guerra, soldados nazistas e os kamikazes faziam uso de todo tipo de anfetaminas, provavelmente também da mefentermina. Só pela coragem que tinham, já sabemos o tamanho do efeito dessa droga.

O complexo B, se usado na dosagem habitual, causa um aumento da síntese de proteína, serve como anti-inflamatório, melhora o aspecto da pele, do cabelo. O Potenay possui 112 mg de complexo B em média, divididos entre B2, B3, B5, B6. O que é uma dosagem aceitável. Mas o uso não está na casa dos poucos mls, ou de um ml. Existem pessoas que utilizam até 15mls, o que pode causar problemas.

Homem aplicando esteróides anabolizantes

Entre os problemas causados pelo uso de altas doses como pré-treino, estão a depressão, a hipervitaminose, a sudorese, arritmias, euforia. Existem até relatos de rompimento de pequenos vasos. Mas o pior de todos é o vício. Como qualquer anfetamina, a mefentermina é viciante, e, dificilmente usuários habituais conseguem parar, e se param, não conseguem mais a performance de antes. Há também a hipervitaminose causada pelo excesso das vitaminas do complexo B, o que pode levar a convulsões e até parada do sistema respiratório.

Esse tipo de droga é utilizada por atletas de todos os esportes que exigem força física, por estimular a força e aumentar o “pump”, muitos atletas superam as dosagens na busca de maiores resultados. A droga pode ser usada de forma injetável ou oral. Muitas pessoas bebem várias ampolas por dia, o que pode sobrecarregar o fígado. Outras, do meio do fisiculturismo, já usam vários mls injetados de forma local para corrigir imperfeições antes das apresentações (ela é expelida em algum tempo).

Atualmente existem outras opções bem menos agressivas de pré-treinos e vasodilatadores, tais como a cafeína, a arginina, beta-alanina, o ácido ascórbico (vitamina c), entre outros. O uso de anfetaminas como pré-treino não é recomendado, existem atletas que fazem o uso contínuo desse tipo de substância, o que às vezes pode ser responsável por várias fatalidades ocorridas nas academias.

O nosso objetivo não é instruir o uso ou indicar “suplementos”. Todos temos consciência dos nossos limites e objetivos, atalhos são sempre bem vindos, principalmente quando não afetam nossa saúde física e mental. Anfetaminas são drogas e não devem ser utilizadas sem prescrição médica. Lembrando que já não existe mais menfetermina para uso humano.

Concluindo, o Potenay é um composto estimulante com baixíssimos efeitos anabólicos, com um complexo vitamínico, e uma droga. Então, pode se considerar o Potenay como sendo “anabolizante”, droga, e, vitamina.

Por Micael Silva

Gostou do Post ? Ele lhe foi útil ? Deixe seu comentário, sugestão ou crítica, compartilhe com os amigos. Um grande abraço e até o próximo.

agmjunior

Adicione aqui suas Informações biográficas

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *