Quantidade necessária de proteína para ganho de massa muscular

Qual a quantidade necessária de proteína para ganho de massa muscular ? Quem procura ganhar massa muscular deve saber que as proteínas irão ser parte fundamental em sua dieta. A dificuldade é saber a quantidade necessária de proteína para ganho de massa muscular. É preciso fazer a ingestão correta de proteínas diariamente para ter o ganho de massa muscular que deseja. As proteínas são fonte de aminoácidos para o corpo, e são eles que promovem a construção muscular. A proteína sem dúvida é matéria primordial para a construção da massa muscular. Sem ela o seu organismo só irá quebrar nos treinos o tecido muscular, e não conseguirá reconstruí-lo. O resultado disso é que você ficará cada mais fraco nos treinos, ao invés do contrário.

Entendendo o funcionamento da construção muscular pela proteína

Vamos entender como as proteínas constroem os músculos, sabendo como ela funciona, poderá usá-la melhor em seu próprio benefício. Quando você vai treinar seus músculos são fadigados, ou seja, são danificados. Logo após o termino do treino seu organismo começa o trabalho de reconstrução muscular. É um trabalho intenso para reparar os danos causados no treino. O corpo trabalha visando que os seus músculos sejam mais fortes do que antes, para quando você for submetido novamente a uma carga excessiva de peso ele esteja preparado para suportá-la.

Essa recuperação acontece de forma natural, mas isso só irá ocorrer perfeitamente se você der as substâncias certas para seu corpo trabalhar com eficiência. Imagine que é como uma construção, você só pode subir uma parede se tiver tijolos, cimento, etc. Os treinos de musculação quanto mais intensos, mais eles danificam os tecidos musculares e é preciso da matéria-prima correta para reconstruí-los. Como já dissemos o trabalho aqui é deixa o seu corpo mais forte e resistente. E a matéria-prima que o seu corpo necessita para esse trabalho de reconstrução é a proteína.

Homem se alimentando

Então, qual a quantidade necessária de proteína para ganho de massa muscular ?

Agora que você já entende exatamente como funciona o trabalho das proteínas e da reconstrução que elas promovem nos tecidos musculares, vamos entender qual a quantidade de proteína para ganho de massa muscular você precisa.   Tem muita gente que acha que quanto mais proteínas, mais haverá ganho de massa muscular, mas não é assim. O seu organismo só consegue produzir uma certa quantidade de músculos por dia. A quantidade adequada será usada para a construção dos músculos e o excesso se não for utilizado, irá virar fonte de energia e se esta não for gasta, irá virar gordura.

A quantidade certa é importante para que ao invés de ganhar massa, você ganhe gordura. Na grande maioria das pessoas o ideal é consumir 2 gramas de proteína por quilo corporal. Se você treina pesado, com muita intensidade pode consumir até 3 gramas por quilo. Se consumir mais que isso, na minha opinião, será exagero, já vi em alguns artigos falando de 300 e até 400 gramas de proteínas diárias.

Só para exemplificar, quem pesa 80 quilos deve consumir entre 160 a 240 gramas de proteínas por dia para ganhar a massa muscular que deseja. Mas vamos lembrar pessoal, de nada adianta ingerir proteínas de alto valor biológico, se você vai para a academia conversar ou ficar em redes sociais. Agora, se você for para a academia treinar sério, pesado e com intensidade, ai sim, pode ingerir q quantidade de proteínas que estamos sugerindo.

Alimentos ricos em proteínas que ajudam na construção muscular

Vou citar aqui alguns dos alimentos que eu considero importante para a construção muscular:

Peito de Frango e de Peru

É o top dos alimentos para muitos fisiculturistas, rico em proteínas de alto valor biológico e muito fácil de preparar, é facilmente encontrado e bem mais barato que a carne vermelha. O peito de peru também é uma excelente fonte de proteínas.

Foto de peito de frango

Salmão, atum e outros peixes

São ricos em proteínas, ômega-3 e ácidos graxos, além de possuírem baixo teor de gordura.

Foto de posta de salmão

Ovos

Possuem a albumina, proteína de alto valor biológico, além de 9 aminoácidos. Não indico apenas as claras dos ovos, não vejo problema algum em você ingerir alguns ovos inteiros por dia. Evite as claras cruas, prefira ela cozidas ou prepare omeletes ultra-proteicos.

Foto de ovos cozidos

Carne vermelha

Dê preferência as carnes magras, como o patinho e a maminha por exemplo, elas são ricas em zinco, ferro e vitaminas do complexo B.

Foto de carne vermelha

Não vou falar aqui no post de suplementos alimentares, falarei aqui apenas de alimentos, nem vou incluir nesses alimentos também o leite e seus derivados, mas se tiver de indicar um dos derivados do leite para ser consumido, indico a coalhada.

É isso ai pessoal, volto a lembrar, a alimentação é o ponto primordial para o ganho de massa muscular, treine pesado e intenso e se alimente bem e você logo verá seus resultados, então, bons treinos.

Gostou do Post ? Ele lhe foi útil ? Deixe seu comentário, sugestão ou crítica, compartilhe com os amigos. Um grande abraço e até o próximo.

agmjunior

Adicione aqui suas Informações biográficas

Você pode gostar...

6 Resultados

  1. I simply could not leave your website before suggesting that I extremely enjoyed the standard information an individual supply for your visitors? Is going to be again ceaselessly in order to investigate cross-check new posts|

  2. Paulo César da Cruz Júnior disse:

    Gostei muito do artigo. Gostaria de receber mais notícias sobre o assunto. Obrigado!

  3. luiz célio disse:

    Foi a melhor explicação que vi até agora.!

  1. 4 de agosto de 2015

    […] se já tem o básico para uma alimentação adequada antes de inserir suplementos […]

  2. 10 de dezembro de 2015

    […] As proteínas são os tijolos do músculo, por isso, se nós não comermois o suficiente, não podemos reparar os músculos depois de um treino intenso. Para os fisiculturistas que treinam pesado, é recomendado algo em torno de 1,5 a 2 gramas de proteínas por quilo corporal, consuma as de alto valor bilógico, como as claras de ovos, peito de frango e as carnes vermelhas magras, por exemplo. […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *