Top movimentos para quadríceps gigantes

Esteticamente falando, pernas gigantes e rasgadas simplesmente deixam o corpo do fisiculturista chamando muito mais a atenção, é ou não é ? Pernas fortes e poderosas são fundamentais para um corpo grande e musculoso, trazendo um enorme equilíbrio na simetria. Neste artigo, te mostraremos três movimentos para o seu treino de pernas que farão você ficar com seus quadríceps monstruosos.

Você já ouviu falar da frase “coxas de nabo?” Bem, ela é usada para descrever coxas que são fortemente desenvolvidos no topo, mas com pouco desenvolvimento ao redor do joelho. Esta é uma visão bastante comum entre muitos fisiculturistas aspirantes, e é em grande parte o resultado de uma fraca amplitude de movimento. O que quero dizer com isto? agachamentos pela metade ou leg press pela metade. Eu não posso te dizer quantas vezes eu vejo caras jovens na academia com 100 quilos em uma barra de agachamento e 300 quilos em um leg press, apenas para testemunhar-lhes mover o peso em alguns centímetros. Sempre que eu vejo dá vontade de ir lá e explicar que se cortar o peso pela metade e fizer o movimento completo, eles iriam ver duas vezes o desenvolvimento (e treinaria a coxa por completo).

Homem com pernas gigantes

Claro, nem todo mundo faz isso e mesmo assim têm dificuldade para preencher a área do quadríceps inferior. Grande parte da espessura acima do joelho é o resultado de um vasto medial altamente desenvolvido. Ex-profissionais da IFBB, como Tom Platz, Paul Demayo, e Mike Francois tinha esta parte ridicularmente espessa. Guerreiros modernos como Ronnie Coleman, Ramo Warren e Kai Greene, todos têm o desenvolvimento vasto medial excepcional, e uma coisa que todos esses homens têm em comum é que eles agacham profundo, sempre abaixo da linha paralela.

Ok, se é isto o que está faltando para você ter pernas monstruosas, separamos, neste artigo, alguns movimentos para você fazer e alcançar o seu objetivo.

Agachamento 1 e ¼ 

O treinador de força de renome mundial Charles Poliquin adora usar este exercício com muitos dos seus atletas olímpicos para aumentar a estabilidade lateral do joelho e para equilibrar a força entre o vasto medial e vasto lateral. Para fisiculturistas sua principal vantagem é que ele é um tremendo treino.

Agache-se lentamente para um ponto logo abaixo da linha paralela e, em seguida, levante-se apenas ¼ do caminho. Lentamente e sob controle total, voltar para a posição de agachamento profundo, e depois subir até o topo. Como você pode ver, isso vai sobrecarregar a posição inferior do agachamento, o que efetivamente aniquila o vasto medial, “jogando para fora” suas coxas, (incluindo ai os isquiotibiais). Esta técnica também funciona muito bem para o leg press e agachamento hack.

Homem fazendo agachamento

Agachamento Sissy

O agachamento Sissy é um exercício que você raramente vê ser realizado. No entanto, é um dos melhores que existe para chamuscar a área inferior da coxa.

Mantenha-se de pé separando levemente os pés. Fique apoiado bem firme em uma máquina ou barra que seja fixa. Fique na ponta dos pés com os joelhos flexionados, abaixe-se levemente até o chão mantendo para frente a pelve e os joelhos enquanto a cabeça e ombros inclinam-se para trás. Na fase excêntrica do movimento desça bem baixo até que os glúteos toquem os calcanhares e segure de 1 a 3 segundos. Logo em seguida na fase concêntrica deve ser feito de forma controlada e explosiva na parte final desse movimento aproveite e contraia bem forte os quadríceps para obter melhor resultado. Para maximizar o movimento e torná-lo ainda mais estressante, segure um peso junto ao seu peito ou uma barra a frente do corpo como se fizesse o agachamento frontal (se for usar uma máquina).

Homem executando o agachamento sissy

Os pés para fora na cadeira extensora

Execute a cadeira extensora como faria normalmente, mas quando estiver perto do topo do movimento, vire os pés para fora, contraindo duramente os quadríceps no pico do movimento, segurando por 2 segundos e voltando a posição inicial. Estudos mostraram que esta virada para fora dos pés pode estimular uma maior atividade elétrica no vasto medial do que extensões normais, o que por sua vez pode levar a um maior crescimento na região do músculo. Eu sinto que este exercício é especialmente eficaz feito uma perna de cada vez.

Gostou do Post? Ele lhe foi útil? Deixe seu comentário, sugestão ou crítica, compartilhe com os amigos. Um grande abraço e até o próximo.

agmjunior

Adicione aqui suas Informações biográficas

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *